Sérgio Gilberto Porto


Embargos de declaração, multa e Maiakovski!

Vladimir Maiakovski, conhecido poeta Russo, imortalizou sua existência através de talentosa obra literária, como por exemplo, quando expõe a ideia de que todos sabem que o coração tem domicílio no peito, porém, afirma que com ele a anatomia enlouqueceu, pois é todo coração! Tão importante sua participação cultural que foi homenageado no Brasil através de poema de autoria de Eduardo Alves da Costa, com passagem muito repetida e, em inúmeras vezes, equivocadamente atribuída a autoria ao próprio Maiakovski ... na primeira noite, eles se aproximam e roubam uma flor de nosso jardim, e não dizemos nada. Na segunda noite, já não se escondem: pisam as flores, matam nosso cão, e não dizemos nada. Até que um dia, o mais frágil deles entra sozinho em nossa casa,...


A era da pós-humanidade nos Tribunais.

Em que era vivemos, nós, habitantes desse sofrido século XXI? É certo que os nichos de segregação, - social (fronteiras, idiomas...), racial (brancos, amarelos, negros...) - contribuem para que os serem humanos, embora coetâneos, vivam em eras distintas. Assim, por exemplo, o Londrino, habitante do primeiro mundo do primeiro mundo, vive em era diferente dos Papuas da Nova Guiné ou dos Aborígenes da Austrália, como observou JOSE GUILHERME MERQUIOR, em seu conhecido livro intitulado A NATUREZA DO PROCESSO. Parcela expressiva da população do planeta caminha, ainda sem a avaliação adequada, à irreversível era da pós-humanidade operacional, onde a inteligência artificial subliminarmente conduz nossas decisões.

Realmente, o frenesi da inteligência artificial,...


Editores: 
José Maria Tesheiner
(Prof. Dir. Proc. Civil PUC-RS Aposentado)

Mariângela Guerreiro Milhoranza da Rocha

Advogada e Professora Universitária

ACESSE NOSSAS REDES

Excelência em conteúdo jurídico desde o ano de 2000 | ISSN 1981-1578